14 out

Recentemente a Arquiteta Priscila Costa esteve acompanhando de perto a Casa Cor Rio na cidade do Rio de Janeiro, e hoje faremos um apanhado dos principais destaques presentes nesta amostra que podem servir de inspiração para remodelar a sua casa.

Papel de parede em 3D: Uma tendência que vem surgindo é a impressão em 3D de papéis de parede, com formas e desenhos elegantes são opções bacanas e mais modernas para revestir paredes, criar detalhes, revestir móveis, e até mesmo podem ser utilizados em tetos (tendência que vem aumentando e que já foi vista nas Casa Cor SP e Rio de 2014) criando detalhes ousados juntamente com a iluminação escolhida. Abaixo vemos imagens do “Quarto da Amante”, do “Escritório do Chefe” e do Hall de Elevadores onde a escolha dos papéis de parede foram de total importância para criar ambientes aconchegantes e com maior riqueza de detalhes.

IMG_2730   IMG_2729

IMG_2824   IMG_2841

Uso de madeira em tons naturais: O uso da madeira em tons naturais esteve presente na maioria dos ambientes desta Casa Cor, usada no mobiliário, em decks, painéis, forros, entre outros. Presença bem marcante em vários ambientes foi o uso da madeira associada tons de cinza, puxando para o concreto. A opção pelo uso da madeira em sua forma e tonalidades naturais torna os ambientes mais “quentes” e reconfortantes, transmitindo aquela sensação de conforto que todos procuram.

IMG_2765   IMG_2837

IMG_2833   IMG_2752

IMG_2686   IMG_2771

Revestimentos cimentícios: Outra tendência bem forte que e que se mantêm é a aplicação de revestimentos cimentícios em paredes. De diferentes formatos, com junta seca ou com rejunte enriquecem e dão personalidade aos espaços. Os tons sóbrios de marrom, palha e cinza foram os mais utilizados, alguns arquitetos ousaram com revestimentos coloridos para criar detalhes de cor e ousadia como no “Quarto Solar”.

IMG_2721   IMG_2777

IMG_2727   IMG_2821

Tons de cinza e concreto: Uma das principais cartelas de cores utilizadas foram os cinzas, desde tons mais escuros em paredes, passando pelo mobiliário e até o próprio concreto utilizado em tetos e pisos.

IMG_2734   IMG_2834

IMG_2782   IMG_2746

Vegetação em ambientes internos: Não é de hoje o uso de elementos vivos como plantas em ambientes internos, mas o que mais chamou a atenção foram as formas dispostas desses elementos, como os temperos em cozinhas e as paredes com folhagens suspensas que complementaram o projeto de interiores e decoração dos ambientes.

IMG_2847    IMG_2810

Estes são apenas alguns dos detalhes que chamaram a atenção e que são fáceis de se adaptar em diferentes projetos e personalidades.

 

Leave a Reply